24
jul
09

Observando o céu: Não comece pelo telescópio!

Exemplo de binóculos para observação do céu. As melhores dimensões são 10X50 e 7X50 (especialmente indicado para a visão das crianças)

Faço parte de várias comunidades e grupos de astronomia e vejo constantemente que iniciantes pedem sugestões de telescópio para comprar. Em minha pouquíssima experiência, uma das coisas que aprendi é que não adianta ter um telescópio sem antes ter aprendido a obsevar o céu a olho nu e depois com binóculos. É preciso saber usar a carta celeste e localizar-se bem no céu. O binóculo é um fantástico instrumento de observação – com ele é possível observar a lua,  estrelas, planetas, aglomerados, nebulosas, cometas. Meu binóculo é um 10X50 e tem me proporcionado m0mentos maravilhosos de observação

. No céu do verão brasileiro, o melhor amigo do iniciante é Órion, o gigante caçador. Esta constelação de facílima visualização, está rodeada de constelações fáceis de identificar. O cinturão do caçador, as três marias, apontam para a estrela mais brilhante do céu, Sírius, que fica na constelação de Cão Maior. Próxima a ela avista-se Cão Menor.  Quando é possível reconhecer estas três constelações, pode-se procurar pela constelação de Touro, que também fica próxima a Órion e onde se encontram as Plêiades, lindo aglomerado de fácil visualização. Enquanto observamos as constelações, podemos ver a diferença no brilho e coloração das estrelas, lindas nebulosas lembrando pedaços de algodão, planetas com sua forma e brilho especial. “Brincar” com o binóculo ajuda o iniciante a se orientar e a se localizar no céu, o que apesar de simples, no início parece ser bem complicado.

Exemplo de carta celeste

Se você não tem um planisfério ou mapa celeste, vale a pena ir ao site skymap http://www.skymaps.com/downloads.htmlhttp://www.skymaps.com/downloads.html

Lá você pode baixar um mapa com indicações dos principais objetos a serem observados em cada ano do mês.

Abaixo Órion e as Três Marias em destaque no centro. É possível também visualisar sua famosa nebulosa

No inverno temos as constelações do Escorpião, de fácil identificação no céu, a do Sagitário, onde se localiza o centro de nossa galáxia, e o famoso Cruzeiro do Sul. Todas são ricas em aglomerados de estrelas. Também é tempo, em nosso hemisfério, de observar planetas como Vênus, Saturno, Marte e Júpiter.

Aglomerado "Caixinha de Jóias" localizado no Cruzeiro do Sul

Detalhe importante: Binóculos com zoom não são bons para observação do céu.

Veja no vídeo abaixo a explicação detalhada de Gustavo Rojas sobre o uso do binóculo para a astronomia

Anúncios

11 Responses to “Observando o céu: Não comece pelo telescópio!”


  1. 1 Idalécio
    julho 11, 2010 às 2:23 am

    Estou iniciando na astronomia e realmente conseguir identificar as costelações não aparenta ser nada fácil no início. Espero que se torne fácil à medida em que eu fique mais familiarizado com as cartas celestes. Estou usando um binóculo e cartas celestes do livro de Ian Ridpath (Guia Ilustrado Zahar), mas essas noites de julho aqui no nodeste brasileiro estão deixando a desejar devido as frenquentes passagens de nuvens.

    • 2 deniseselmo
      julho 13, 2010 às 9:33 pm

      Ola Idalécio!
      É muito importante ter persistência e paciência pois não podemos controlar a natureza. Nesta época do ano o interessante é usar a constelação do Escorpião e do Cruzeiro do Sul como referência para seus estudos. Vá aos poucos e logo estará familiarizado com essa região do céu. Céus limpos e Boa Sorte!!!!

  2. 3 Jane Cruz
    dezembro 22, 2010 às 12:43 pm

    Olá Denise,
    Estou lendo o seu blog e meu telescópio chega amanhã (rss). Desde criança sou fascinada pelo céu e minha atividade preferida, quando faltava energia na pequena cidade onde nasci, era me deitar numa esteira e ficar olhando o céu. Lembro ainda q eu fazia uma barreira com as mãos p evitar q pessoas, árvores ou a casa invadisse o meu passeio nas estrelas. Eram momentos de uma felicidade diferente e eu os adorava.
    Agora sou uma mulher e continuo gostando de olhar o céu, inclusive usando binóculos. Hoje, quando a lua cheia clareia meu apartamento em Salvador, eu apago as luzes e deito na cama para observá-la.
    Decidi comprar um telescópio e aprender mais sobre o céu. Saber das estrelas, constelações, dos planetas… agora preciso de dicas sobre um livro ou site q possa me ajudar a dar nomes ao que observo desde menina.
    Agradeço a ajuda encontrada no seu blog e espero poder contar com mais alguma informação q vc possa me mandar.
    Abç,
    Jane

    • 4 deniseselmo
      dezembro 24, 2010 às 1:54 pm

      Ola, Jane
      Que bom saber que você comprou um telescópio, ainda mais na Bahia onde o céu é com certeza muito mais limpo, com menos PL e dias nublados que o nosso aqui no sudeste.
      Você diz “Eram momentos de uma felicidade diferente e eu os adorava.” Acredite: entendo cada palavrinha dessa frase em profundidade!!!!hahhaaaa
      Bem, vou então lhe recomendar duas coisas:
      1- Um livro muito prático e bastante objetivo, que vem até com uma carta celeste. Chama-se Planetas e estrelas- um guia prático de carta celeste e você pode encomendá-lo aqui:http://www.editoraufmg.com.br/carrinho.asp?codigo_produto=1105
      2- Entre para a lista de discussão do clube de astronomia do qual sou membro, o CASP. Lá você aprenderá muito, trocará experiências e poderá tirar muitas dúvidas em relação à astronomia. Entre nesse site e veja como entrar na lista de discussões. Temos membros de todos os estados. Site:http://www.astrocasp.com/home
      Querida, espero saber logo de sua primeira observação com seu telescópio novo e obrigada pelo carinho. Espero que meu blog possa continuar te ajudando.
      Clear skies, dear
      Kiss
      Denise
      PS: Adorei o “farol no mar” que lindo!

      • 5 Jane Cruz
        janeiro 7, 2011 às 3:09 pm

        Olá,
        Alguns contatos c meu telescópio e constatei q vc está coberta de razão. Mesmo assim, me diverti c ele. Mas p facilitar meu mergulho no céu, achei q fui feliz ao adquirir um novo binóculo, de qualidade, 10 x 50. Minhas observações estão fluindo melhor agora e tendem a melhorar pois o livro “Planetas e Estrelas…” já está a caminho.
        Obrigada pela atenção e pelas dicas, viu? Quero deixar um abraço e desejar um 2011 de excelentes observações!
        Céus limpos p vc tb!
        Bj,
        Jane
        P.S.: Quanto ao “farol no mar” ele é um ponto sozinho, mas disposto a fazer amizades c as embarcações.rs

  3. 6 Jane Cruz
    junho 20, 2011 às 1:39 pm

    Olá Denise,
    Gostaria de uma nova dica. Dessa vez preciso de um livro ou site sobre como melhor utilizar um telescópio. Quero aproveitar melhor o me u, inclusive aprender a usar melhor as oculares q tenho e saber quais são mais indicadas p melhorar a perfomance do tele. Agradeço desde já.
    Quero aproveitar p dizer q está dificil comentar no seu blog pq n vejo o q escrevo. O fundo preto c as letras pretas idificulta bastante. Sugiro um pouquinho dePL! ! rss
    Abç

  4. julho 13, 2012 às 7:04 pm

    Olá, Denise, tornei-me sua fã de carteirinha! parabéns por seu trabalho, maravilhoso, realmente!

    Olhe, sou incrivelmente apaixonada pelo céu estrelado e me considero braheana, quer dizer, gosto de olhar a olho nu e ir descobrindo uma coisinha nova a cada noite: moro num lugar de céus mais ou menos escuros e transparentes, o Sítio das Estrelas, numa provinciana cidadezinha das Minas Geraies, uai….

    Volta e meia me muno de um par de binóculos simpáticos – 10x somente – mas gosto mesmo é de viajar no céu a olho nú.

    Adoro estar em casa todo o tempo e sendo abençoada de dia por montes verdejantes e ondulados e, à noite, por um céu estrelado!

    abraço estrelado,
    Janine Milward

  5. 8 wagner
    novembro 5, 2012 às 1:49 am

    Boa noite Denise, eu e minha esposa estamos querendo adquirir um binóculo para observar o céu. Tanto eu como ela, temos certa curiosidade em ver o céu mais de perto. Gostaria que você indicasse um Binóculo apropriado. Grato e parabéns pelo site.

    • 9 deniseselmo
      novembro 5, 2012 às 11:54 am

      Ola Wagner
      Fico feliz em saber que você está pensando em adquirir um par de binóculos para observação do céu. Como não somos mais crianças, sugiro que você compre um binóculo 10X50 (para crianças o mais indicado é o 7X50). Você achará em toda faixa de preço, por exemplo na astroshop(astroshop.com.br). Você verá alguns na faixa de 200 reais. São muito bons para iniciantes, mas se quiser outro modelo o importante é observar se é 10 X50. Também não compre binóculo com Zoom, não serve para astronomia.
      Consiga uma boa carta celeste ou baixe o programa Stellarium (gratuito) para saber onde está mirando e maravilhem-se com as maravilhas do céu do hemisfério sul.
      Kiss
      Denise

  6. 10 Hugo Salguero
    outubro 16, 2014 às 8:08 pm

    OI DENISE.
    EM JANEIRO VOU LEVAR MINHAS NETAS 8 E 10 ANOS, PARA O NORTE DO CHILE (ATACAMA), QUAL BINOCULO VC RECOMENDARIA UM 10×50 OU UM 20×50…., VERIFIQUEI NO
    SITE DA ASTROSHOP E A DIFERENÇA DE PREÇO ENTRE ELES É PEQUENA, DA MARCA CELESTRON, CUSTAM ENTRE R$ 250,00 E R$ 300,00.
    UM ABRAÇO.
    Hugo_______________

    • 11 deniseselmo
      outubro 18, 2014 às 11:03 pm

      Ola Hugo.
      Normalmente para crianças, o mais indicado é, na verdade, o 7X50, mas o 10 X 50 é ótimo e seria adequado para você e para elas. O 20 X 50 é bom também mas é um pouco mais pesado e indico para quem tem um tripé. A diferença em termos do que você vai ver será pouca. Eu gosto muito dos 10X50 e acho que será mais fácil para as meninas.
      Um forte abraço e aproveitem muito sua viagem ao Chile!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: