02
maio
10

LHC: Colisor de Partículas abre uma “nova era” de pesquisas

de Março de 2010

Fonte :Agence France-Press ADAPTADO

http://www.cosmosmagazine.com/news/3374/atom-smasher-opens-new-era-research?page=0,1

LHC - O COLISOR DE PARTÍCULAS

Caminho

GENEBRA: O Large Hadron Collider (LHC) foi intensificado para níveis de energia de 7 TeV por colisão, metade de sua energia máxima, abrindo uma nova era na busca pelos mais profundos segredos do universo.

A European Organisation for Nuclear Research (CERN) disse que o colisor desencadeou  explosões de energia sem precedentes em sua terceira tentativa, já que feixes de prótons impulsionados em torno do acelerador de 27 quilômetros colidiram com velocidade próxima à da luz.

“Esta é a física em ação, o início de uma nova era, nós temos colisões a 7 TeV (teralectronvolts)”, disse Paola Catapano, um cientista  e porta-voz do CERN, referindo-se ao recorde de níveis de energia atingido.

O Diretor-geral do CERN, Rolf Heuer, mal podia conter sua animação na videoconferência direto do Japão: “É um momento fantástico para a ciência.”
Em uma hora, os físicos de dezenas de países ao redor do mundo ficaram maravilhados com as suas observações iniciais, transmitidas graficamente como rajadas de energia colorida.

“O que vimos no detector foi realmente um fogo de artifício, muita energia, algo completamente diferente do que tínhamos visto até agora”, disse Fabiola Gianotti, porta-voz de uma das maiores partes do experimento.
O sucesso veio depois de um início vacilante da gigante  máquina de 3900 milhões de euros, sob a fronteira franco-suíça perto de Genebra, que visa desvendar alguns dos segredos mais marcantes do universo.

Nova era: A Primeira Física

As colisões entre os 20 bilhões de prótons surgiram no Large Hadron Collider (LHC) às 13:06, hora local, criando poderosas, porém microscópicas,  rajadas de energia, que imitam  condições próximas as do Big Bang que criou o universo.
“Estamos há um bilionésimo de segundo do Big Bang”, disse o porta-voz do Cern, James Gillies .
Vivas e aplausos irromperam em  diferentes salas de controle à medida que os detectores registravam a colisão de partículas subatômicas em gráficos na tela do computador.
” Faremos certamente  a mesma coisa várias vezes ao longo da semana que vem e centenas de vezes ao longo do ano”, disse Steve Myers, diretor do Cern para aceleradores  e  tecnologia.
O novo estágio, chamado de “Primeira Física ‘, marca apenas o início de um período inicial de 18 24 séries de bilhões de tais colisões por mês.

Cientistas ao redor do mundo filtrarão e analisarão enormes quantidades de dados em uma rede de computadores gigante, em busca de evidências de um importante elo de ligação teórico  conhecido como boson de Higgs, comumente chamado de “partícula de Deus”.
“Internacionalmente enviamos os dados a uma taxa de um DVD a cada dois segundos,” disse o chefe de computação do CERN  David Foster  após primeiras etapas de terça-feira, ilustrando o vasto volume de dados gerados pelo colisor

O experimento também tem como objetivo esclarecer a” matéria escura “e, posteriormente,” energia escura “,  matéria invisível ou forças que acredita-se que  somadas representem em  cerca de 96% do cosmos.

Anúncios

0 Responses to “LHC: Colisor de Partículas abre uma “nova era” de pesquisas”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: