06
set
10

Herchel encontra água em Estrela de Carbono

Este artigo foi publicado pela Universe Today e divulga um estudo sobre a inesperada presença de  vapor d´água em torno de uma estrela de carbono, que são estrelas das classes N-R(gigantes vermelhas em fase de conclusão de ciclo.)

Os estudos são preliminares e ainda precisam de mais testes e confirmação, mas a detecção é muito interessante.

Imagem de CW Leonis feita pelo Telescópio Herschel

Na imagem da estrela de carbono CW Leonis feita pelo Herschel, o arco visível à esquerda da estrela é um arco de choque, no qual o vento solar encontra o meio interestelar. Vapor de água foi descoberto perto da estrela, a temperaturas de até 1000 K.( ESA / PACS / SPIRE / MESS Consórcios)

Há algo estranho acontecendo em torno da estrela gigante vermelha CW Leonis (aka IRC 10216). Bem dentro do véu rico em carbono da estrela, os astrónomos detectaram o vapor de água onde não deveria existir água alguma.

CW Leonis é semelhante em massa ao sol, mas muito mais velha e muito maior. É mais próxima de uma gigante vermelha do que do sol, e na sua agonia de morte ele se escondeu em uma nuvem de poeira em expansão, rica em carbono. Esta mortalha faz CW Leonis quase invisível a olho nu, mas em alguns comprimentos de onda infravermelho é o objeto mais brilhante no céu. Água foi originalmente descoberta em torno CW Leonis, em 2001, quando o Submillimeter Wave Astronomy Satellite (SWAs) encontrou a assinatura de água nas frias camadas mais externas do envelope de poeira a temperaturas de apenas 61 K. Esta água foi considerada uma evidência da presença de cometas e outros objetos gelados em torno da estrela em expansão. Novas observações com o SPIRE e espectrômetros PACS no Observatório Espacial Herschel revelam que há ainda algo muito mais surpreendente acontecendo. “Graças à grande sensibilidade e resolução espectral do Herschel, fomos capazes de identificar mais de 60 linhas de água, correspondente a uma série de níveis energéticos da molécula”, explica Leen Decin da Universidade de Leuven e líder do estudo. O recém-detectado nas linhas espectrais indicam que o vapor de água não está todo no envelope frio mais externo da estrela. Boa parte está muito mais perto da estrela, onde as temperaturas chegam a 1.000 K. Nenhum fragmento de gelo poderia existir tão perto da estrela, então Decin e seus colegas e tiveram que vir  com uma nova explicação para a presença do vapor de água quente. O hidrogênio é abundante no envelope de gás e poeira em torno de estrelas de carbono como CW Leonis, mas o outro componente da água,  o oxigênio, normalmente é ligado a moléculas como o monóxido de carbono (CO) e o monóxido de silício (SiO). A luz ultravioleta pode dividir essas moléculas, liberando o oxigênio armazenado, mas não estrelas gigantes vermelhas não produzem muita luz UV é assim, ela que tem que vir de outro lugar.


Uma ilustração das reações químicas provocadas pela luz UV interestelar interagindo com as moléculas em torno CW Leonis. (ESA. Adaptado de L. et al Decin. 2010)
Os envelopes de poeira em volta de estrelas de carbono são conhecidos por serem agrupadas, e que acabam por ser a chave para explicar o vapor de água misterioso. A estrutura fragmentada do invóluc ro em torno CW Leonis permite que a luz UV passe do espaço interestelar às profundezas do envelope da estrela. “Bem dentro do envelope, os fótons UV desencadeam um conjunto de reações que podem produzir a distribuição observada de água, bem como outras moléculas muito interessantes, tais como a amônia (NH3)”, diz Decin. “Este é o único mecanismo que explica toda a gama de temperatura da água.” Nos próximos meses, os astrônomos irão testar esta hipótese usando Herschel para procurar evidências de água perto de estrelas de carbono.

Telescópio Herschel, lançado em 2009, para observações no infravermelhofonte foto Hershel:http://www.apolo11.com/spacenews.php?posic=dat_20090508-093453.inc

fonte do artigo:http://www.universetoday.com/72952/herschel-finds-water-around-a-carbon-star/


2 Responses to “Herchel encontra água em Estrela de Carbono”


  1. fevereiro 18, 2011 às 7:10 am

    Olá Denise!

    Interessante essa matéria, parabéns!
    Estou esperando o tempo dar uma folga para ver ao telescópio e binóculos o aspecto dessa estrela, imagino que a visão seja diferente.
    Você já observou uma dessas?
    abraços
    Guilherme

    • 2 deniseselmo
      fevereiro 18, 2011 às 6:21 pm

      Nunca obser

      Muito Obrigada, Guilherme!
      Nunca observei uma estrela como esssas. Por favor, me conte como foi quando você conseguir.
      Kiss, dear!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: