17
set
10

Palestra sobre Eta Carinae

Hoje estive presente a uma palestra dada pelo professor Augusto Damineli no IAG – USP sobre minha Diva Eta Carinae. Mais uma vez os presentes puderam constatar que Eta Carinae é uma verdadeira caixa de surpresas. Misteriosa, enigmática, certamente ainda há muito o que pesquisar, estudar e descobrir sobre ela. Que bom!

O mais surpreendente foi descobrir que ela é pode ser considerada , o que professor Augusto chamou de Supernova recorrente”. Mas há mais surpresas… Tentei sintetizar da forma mais didática e simples possível a palestra que trouxe conceitos complexos e profundos de astrofísica.

Eta Carinae é uma fonte inesgotável de surpresas e mistérios. Há tanto o que estudar ou dizer sobre ela que é necessário que se faça um recorte. Na palestra de hoje, professor Daminelli optou por falar sobre Carinae enquanto Supernova por Instabilidade de Pares.

Quando uma estrela é muito massiva como Carina (que possui aproximadamente 120 massas solares) até um limite de 140 massas solares, seu núcleo ao invés de conter Ferro, contém Oxigênio e a alta temperatura que existe em seu núcleo produz fótons tão energéticos que geram uma instabilidade nos pares  e+ / e-´. Formam pósitrons e elétrons. Sabemos que quando essas partículas se chocam aniquilam umas às outras. Essa reação faz com que a estrela colapse , causando a ignição do oxigênio que está em seu núcleo, o que produzirá uma explosão nuclear que consumirá toda a estrela. Assim, quando Eta Carinae explodir a explosão será tão intensa que restará apenas uma sobra gasosa sem massa alguma.

Até há pouco tempo atrás este fenômeno era apenas uma teoria sem comprovação, mas em 2007 foi possível comprovar-se o fato a partir do estudo da Supernova  SN 2007 bi tipo IC.

Eta Carinae tem uma ejeção de nitrogênio/oxigênio maior que a massa do sol. Mesmo assim ela ainda queima hidrogênio por isso a estimativa é de que ainda possa viver mais 500.000 anos.

Embora tenha sido observada desde 1600,seu primeiro espectro foi obtido em 1860, pouco tempo após sua primeira explosão em 1842. Surpreendentemente, apesar da explosão, Eta Carinae permaneceu viva.

Homúnculo

Na imagem acima vemos o homúnculo: Duas grandes conchas de gás e poeira.

O homúnculo tem aproximadamente 12 massas solares, ejetando matéria a uma velocidade de 6.500 km/h

Dentro dele há a estrela e o pequeno homúnculo. O pequeno homúnculo é mais uma erupção em Eta Carinae que ocorreu aproximadamente 50 anos após a primeira.

Pequeno Homúnculo

Na imagem o Pequeno Homúnculo é a região central mais brilhante

fonte:http://www.gemini.edu/node/180

Fortes ventos na região mostram que há a perda de 1 massa solar  a cada 1000 anos e que a perda se dá pelos pólos e não pelo equador como é comum nas demais estrelas.  Isso ocorre devido à altíssima velocidade de rotação no interior da estrela. A velocidade é tão alta que a estrela se “achata” em um disco e a matéria é ejetada pelos pólos.

No vídeo a seguir vemos uma simulação de explosão de hipernova que explica como se dá essa ejeção pelos polos, veja:

Todos esses dados fazem de Eta Carinae uma Supernova Recorrente. Ou seja, ela ejeta matéria periodicamente. Este fenômeno já foi observado em 2006 na Supernova SN2006GY que teve uma erupção dez anos antes e na SN 2006 GC que teve uma erupção 2 anos antes.

O sistema Binário

Eta Carinae, como o professor Damineli provou, possui uma estrela companheira. A estrela principal 1 é uma estrela fria , com temperatura de 15.000K e tem massa equivalente a 90 massas solares . A estrela 2 é quente, sua temperatura é de 37.000K e sua massa é de 30 massas solares. Esse dado é uma estimativa, uma vez que ainda não foi possível determinar a massa exata da estrela menor.

Este é o grande desafio dos pesquisadores no momento.

Algo está acontecendo em Carinae: Os dados obtidos por fotometria e espectrometria mostram que a estrela 1 e 2 não estão sofrendo alterações, mas existem alterações detectadas que não se sabe ainda explicar. A estrela maior parece eclipsada mas ao observar-se em ondas de rádio nota-se que o sistema desaparece por completo o que não caracteriza uma eclipse. Acredita-se que esteja ocorrendo uma ocultação por vento. Mas isso não pode ainda ser afirmado.

Veja a interação entre as estrelas 1 e 2

Interação entre Eta Carinae e sua companheira

fonte:http://etacar.fcaglp.unlp.edu.ar/

A palestra foi encerrada deixando no ar o que ainda viremos a descobrir sobre este enigmático objeto celeste.

Há mais posts em meu blog sobre Eta Carinae e sobre o professor Augusto Damineli

Anúncios

11 Responses to “Palestra sobre Eta Carinae”


  1. 1 Helder Geraldes
    setembro 17, 2010 às 9:56 pm

    Que inveja!

    Mordo-me de inveja não ter assistido.

    Obrigado Denise, vamos continuando as observações com atenção para não perdermos algo que surja de novo.

    Céus limpos,
    Helder

  2. 3 Alexandre Zanardo
    setembro 17, 2010 às 10:22 pm

    Denise, mais uma vez explicando muito bem o que acontece.
    Obrigado pelas informações e continue com esse seu ânimo

    Abraços

    Alexandre

    • 4 deniseselmo
      setembro 18, 2010 às 11:30 am

      Ah, isso pode deixar comigo, Alexandre! No quesito animação perco para poucos, ainda mais quando o assunto é Eta Carinae hahahhaaaaa Kiss

  3. 5 Meire Carrascoza Ramos
    setembro 17, 2010 às 11:16 pm

    Denise,que bom voce ter assistido a palestra,e tambem nos informado a repeito do assunto.
    Ja tive oportunidade de assistir palestra com o Prof.Augusto Damineli,fiquei encantada.

    Abraços

    Meire

  4. 7 Paulo Bernardi
    setembro 18, 2010 às 2:15 am

    Denise foi muito bom vc ter participado da palestra do Prof. Augusto Damineli.

    Acredito que tenha sido espetacular a sua apresntação.

    O nosso ” Pós-Doutor” em ETA CARINAE é uma pessoa maravilhosa. Fico feliz de ser seu conhecido desde o 7 Enast de Brotas.

    Sua escolha em ter uma residência na cidade de CUNHA-SP também facilitou o nosso convívio em etapas immportantes da divulgação científica executada pelo ASTRO CLUBE DE CUNHA, o qual tem muita honra de poder contar com sua presença em seu guadro de colaboradores ilustres.

    Aposto que vc adorou tudo que foi dito de sua amada “CARININHA”.

    UM GRANDE ABRAÇO A TODOS.

    PAULO BERNARDI, MEMBRO DE OBSERVATÓRIO ASTRONOMICO DO CTA E DO ASTROCLUBE DE CUNHA.

    • 8 deniseselmo
      setembro 18, 2010 às 11:33 am

      Eu adorei cada segundo Paulo. Tenho muita vontade de conhecer Cunha, meu amigo Edson fala muito dela. Quando conseguir vou fazer questão de conhecer o Astro Clube. Obrigada por suas palavras, Paulo. Kiss

  5. 9 Rodrigo
    setembro 19, 2010 às 1:14 am

    O Daminelli é um dos professores mais ponta firme que eu conheço.. estivemos em uma aula-excursão em abril no OPD, e a empolgação dele com Eta Carina é contagiante…Infelizmente cheguei tarde para aula na sexta e nem consegui encontrar a sala onde estava sendo essa palestra.. fica pra próxima….

  6. 10 Isabela
    setembro 20, 2010 às 2:56 pm

    Sem querer parecer repetitiva mas já sendo, muito didático seu resumo! Adorei!
    Parabéns.
    Beijos.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: