01
nov
10

Ouvindo Estrelas

Já é possível ouvir estrelas. Sim, isso mesmo…Ouvir! Já temos instrumentos para isso. E ao ouví-las podemos saber cada vez mais sobre elas. Para aqueles, que como eu, são fascinados pelo fabuloso processo de evolução estelar , esta técnica, a astrosismologia é uma importante arma pela precisão dos dados que consegue produzir.

Convido você então a ouvir estrelas!

Neste post você ouvirá às oscilações de uma gigante vermelha.

A seguir, o artigo publicado pela Universe Today em 28 de Outubro de 2010

TEXTO ADAPTADO

Fonte: http://www.universetoday.com/76602/kepler-spacecraft-can-hear-a-red-giant-concerto-in-space/

Medindo o pulso das Estrelas

A espaçonave Kepler está buscando por planetas extrasolares, mas ela também possibilita o estudo de estrelas . Uma parceria de mais de 400 astrônomos de Universidade da California e do Consórcio Astrosísmico Kepler usa a nave para “ouvir” as pequenas oscilações, ou abalos sísmicos em estrelas gigantes vermelhas, permitindo que os cientistas façam um trabalho inovador na dedução de propriedades fundamentais das estrelas.

Apenas no primeiro ano de operação, a equipe pôde estudar milhares de estrelas usando astrosismologia. Anteriormente apenas algumas dezenas de estrelas puderam ser “ouvidas” usando a mesma técnica.

“Podemos dizer que a Kepler está ouvindo a milhares de músicos no céu, “ disse Daniel Huber , graduado da Universidade de Sydney, durante uma conferência de imprensa sobre as novas descobertas.



Assim como os sismólogos estudam os terremotos para sondar o interior da Terra, a astrosismologia mede o puslo natural das ondas de luz das estrelas para obter novos insights sobre a estrutura e evolução estelar.

Vibrações das Estrelas: As variações no brilho podem ser interpretadas como vibrações ou oscilações dentro das estrelas, usando a técnica chamada astrosismologia.

Credit: Kepler Astroseismology team.

A Kepler permite que estudemos os períodos das oscilações estelares e nós os usamos para estudar o núcleo das estrelas – de forma a atingir as estrelas e conseguir as medidas estelares mais precisas já feitas,”disse Hans Kjeldsen, professor na Universidade Aarhus da Dinamarca.
Os astrônomos podem medir o tamanho e idade com extrema precisão e conseguiram agora estabelecer as características da estrutura e ciclo de vida de mais de 1000 gigantes vermelhas. O que já foi encontrado até agora confirma as teorias atuais de evolução estelar e permite  melhores previsões do que pode acontecer com nosso sol em alguns bilhões de anos.

As ondas sonoras viajam por dentro da estrela trazendo informações para a superfície, que a Kepler pode ver como uma pequena oscilação no brilho da estrela” disse o astrônomo Travis Metcalfe do National Center for Atmospheric Research.
Esta oscilação tem um tom como as notas de um instrumento musical.

Ouça abaixo o link para o som captado por Daniel Huber, que ele chamou de Sinfonia.

http://www.au.dk/fileadmin/www.au.dk/pressen/Kepler/RGconcert_stepped_highvolume.mp3

e para a conferência de imprensa sobre o tema (em inglês)

http://www.universetoday.com/76578/watch-kepler-press-conference-today-live-on-universe-tE

 

 

Encerro este post com o poema de Olavo Bilac ” Via Láctea”

 

Via Láctea

“Ora (direis) ouvir estrelas! Certo
Perdeste o senso”! E eu vos direi, no entanto,
Que, para ouvi-las, muita vez desperto
E abro as janelas, pálido de espanto…

E conversamos toda a noite, enquanto
A via láctea, como um pálio aberto,
Cintila. E, ao vir do sol, saudoso e em pranto,
Inda as procuro pelo céu deserto.

Direis agora! “Tresloucado amigo!
Que conversas com elas? Que sentido
Tem o que dizem, quando estão contigo?”

E eu vos direi: “Amai para entendê-las:
Pois só quem ama pode ter ouvido
Capaz de ouvir e de entender estrelas”.

Olavo Bilac


 

Anúncios

1 Response to “Ouvindo Estrelas”


  1. novembro 1, 2010 às 7:51 am

    Wow, muito interessante. Ouvi a “orquestra” e realmente é fascinante que chega até a ser intrigante. Parabéns pelo post. ^^


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: